7 de jul de 2013

CINCO MOTIVOS PARA TOMAR UM CAFÉ


Dê o play antes de ler.

Eu não sei o motivo ao certo, mas, sentia-me confortado. Não sei se é uma boa ideia começar a conversa de uma maneira agradável ou simplificar tudo e tentar agradar a minoria. A fumaça era gostosa. Comecei a desejar, e desde então nunca larguei.

Sentei naquela cadeira velha de madeira. O tempo já tinha consumido todas as energias. Ela continuava por ali. Arrumava a louça no armário vestindo aquele pijama folgado. Me olhava e sorria de canto com o cabelo bagunçado de uma noite visitada pela insônia. Eu dormira mais que uma pedra. Coava o café enquanto me causava arrepios. Era uma vida cheia de vai e vem. Ah, o casamento! Era culpa ele a culpa.

O cheiro era o charme da casa. Desde que me acomodei na cadeira sentindo o vento gelado que passava pelas gretinhas da janela. Sentia os sopros. Ela ajeitava os pãezinhos na mesa. Dobrava algumas toalhas e ajustava no seu devido lugar. Cruzei as pernas e esperei o leite esquentar. Da mesma janela que ficava de frente a mesa, observava a folhagem das árvores voar pelo campo. Morávamos numa fazenda, no interior. Decidimos assim. Sem muitos apegos. 

Sempre acontecia da mesma maneira. O café que ela fazia dobrava as energias. E sinto falta quando me perco em sono durante as leituras. Às vezes, nem a música ajudava. E quando ajudava, largava o livro de canto e cruzava as pernas. Esperava a vida passar. Nada muito complexo. Era incrível a forma como estávamos vivendo, e, de certa maneira, um tanto melancólico. Eu sei.

Ele me esquentava naquela manhã de inverno. O frio fazia doer os dedos dos pés. Nem as meias davam conta. Os moletons já estavam exaustos das rotinas geladas. Era a vida de campo. Aquele café nunca mais seria o mesmo. Nem a minha paciência em aguardar o calor chegar. Sentia um frio numa brisa de verão. A lareira da sala não parava desde então. E nem aquela vontade de continuar por ali.

Um abraço!

8 comentários :

  1. Oi oi, gordo! *-*
    Awn, já disse tantas vezes que já ficou um tanto clichê kk, mas seus textos são lindos demais! <3

    Beijão

    ResponderExcluir
  2. Oi Matheus,achei muito criativo como listou os cinco motivos, pensei que iria encontrar uma listinha aqui :)
    Bjinhos > chadecalmila.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Adorei! Ótima forma de mostrar os cinco motivos pra tomar café. Um belo conto! E quem não adora um bom café? ;)

    Abraço!
    http://constantesevariaveis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Matheus, é minha obrigação te dizer, tu é foda rapaz! Tu escreve super bem, tu fez cinco motivos excelentes para o café (também adoro, principalmente cappuccino) e tua escrita é muito boa de ler, tu é escritor, tem algum livro publicado?
    Confesso, eu tenho intenção de ser escritor, estou escrevendo alguma coisa pra ser publicada neste ano ainda, espero que dê. Por enquanto posto aqui e ali. Matheus, muito sucesso guri! Abraço!

    Rodrigo,
    http://vivendoumromance.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rodrigo! Meu velho, muito obrigado mesmo!! Ainda não publiquei nenhum livro, mas, estou trabalhando com alguns contos mais curtos que vou deixar disponível para download, aqui no blog. Mas estou empolgado com o livro! Muito obrigado por toda a atenção e carinho. Já salvei o seu por aqui também. Sucesso com teu livro!

      Um abraço!

      Excluir
  5. Eu sei que isso vai soar clichê e dar a impressão de que não, mas é que você realmente escreve muito bem e eu preciso dizer: MATHEUS, TU ESCREVE BEM DEMAIS, CARA!
    O jeitinho que tu colocou os cinco motivos <33 Até eu, que não gosto muito de café, fiquei com vontade de beber um pouco - até porque, o frio daqui pede uma bebida quente. Sério, eu adorei! *u*

    Gih Alves || http://jeito-inedito.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gih! Muito obrigado por todo o carinho e elogios! Muito mesmo! Bom, espero ter ajudado a fazer você gostar de cafeínas hahaha. Enfim, novamente, muito obrigado!

      Um abraço!

      Excluir